+351 289 390 700 RESERVE O SEU TEE-TIME
MENU

O Campo Sul: a jóia da coroa da Quinta do Lago

A “jóia da coroa” da Quinta do Lago, o Sul recebeu o Open de Portugal em nada menos do que oito ocasiões. Desenhado por William Mitchell em 1974, este par 72 trouxe para Portugal uma qualidade de Golfe até então desconhecida. Os greens, bunkers e tees ao estilo americano rapidamente ganharam reputação e o percurso passou a ser destacado como um dos mais importantes campos de Golfe na Europa, sendo ainda hoje o campo de eleição de muitos jogadores do Tour Europeu.

Com vista sobre o Parque Natural da Ria Formosa, o Quinta do Lago Sul estende-se sobre 6.500 metros entre lagos, pinheiros e flores selvagens. Anfitrião do Open de Portugal em 1976, 1984, 1985, 1986, 1988, 1989, 1990 e 2001, o Sul faz parte da história do Golfe nacional e internacional. Entre as mais importantes memórias conta-se a de 1989 quando Colin Montgomerie venceu o título com o impressionante resultado de 24 abaixo de par – 11 pancadas à frente do segundo classificado – e tendo estabelecido um novo recorde do campo com 63 pancadas.

O estatuto de campo de competição não é, no entanto, um impedimento para o jogador amador. Embora represente um desafio interessante para os handicaps mais baixos, o Sul é procurado por jogadores de todos os níveis.

É nos tees de saída que se encontra um dos grandes desafios do Quinta do Lago Sul, que exige perícia e consistência para atingir os greens regulamentados. Doglegs e obstáculos estrategicamente colocados completam o desafio. Os primeiros 9 buracos favorecem o draw enquanto que os restantes 9, à volta do Lago, favorecem o fade nas saídas.

PGA Catalunya Resort

Ao continuar a navegar pelo site estará a concordar e aceitar o uso de cookies mais informação

Este site pode utilizar cookies para melhorar o site e a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar pelo site estará a concordar e aceitar o uso de cookies

Fechar